Tecnologia

Imagem de tributo a Steve Jobs não é original

Imagem de tributo a Steve Jobs não é original

O estudante de design chinês que teria criado um logótipo da Apple a envolver a silhueta de Steve Jobs confessou que não é o autor original da ideia. A imagem correu Mundo após a morte do fundador da Apple, a cinco de Outubro.

A montagem era apelativa e resumia o sentimento do fãs da Apple sobre Steve Jobs: o criador era inseparável da criação e fazia parte da Apple. Com ela, Jonathan Mak tornou-se de forma quase instantânea num fenómeno do design e recebeu mesmo uma proposta de emprego.

Cinco dias após a morte de Jobs e após alguns comentários feitos no Twitter, Jonathan revelou que um designer britânico, conhecido na Internet como Raid71, criou aquela imagem em Maio.

O estudante da Escola de Design de Hong Kong reconheceu que a criação não é sua, mas garante que não "roubou" a imagem ao criador britânico.

"Cheguei à solução por mim e a minha consciência continua limpa, mas sinto-me bem por reconhecer que alguém o fez antes de mim", disse Mak à agência Reuters.