Redes Sociais

Instagram começa a testar fim dos "gostos" em Portugal

Instagram começa a testar fim dos "gostos" em Portugal

A rede social Instagram, que pertence ao grupo Facebook, começou a testar o fim dos "gostos" também em Portugal. O objetivo é que os utilizadores se foquem mais nas fotografias e não tanto no total de "likes" que cada imagem alcança.

O Instagram já tinha arrancado os testes em países como a Austrália e o Brasil e esta semana alargou-os para o resto do Mundo. "Começando hoje, estamos a expandir o teste de contagens privadas para o mundo além da Austrália, Brasil, Canadá, Irlanda, Itália e Nova Zelândia", adianta, ao JN, Tara Hopkins, responsável pelo Instagram.

Tal como adianta a empresa, os perfis selecionados para o teste "vão deixar de ver o total de "gostos" em fotografias e vídeos publicados no feed, exceto os próprios". De acordo com a rede social, os primeiros resultados, obtidos nos testes anteriores, "são positivos".

Quando os primeiros testes foram tornados públicos, a rede social justificou a medida como sendo uma forma de refletir sobre as consequências das redes sociais nos mais jovens. Segundo um trabalho desenvolvido pela "Royal Society for Public Health", o Instagram é a rede social mais prejudicial para a saúde mental dos jovens.

O estudo revela que 91% dos jovens, entre os 16 e os 24 anos, usam as redes sociais e que nos últimos 25 anos os níveis de ansiedade e de depressão aumentaram, sendo que os especialistas traçam uma relação entre estas redes e o aumento destes casos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG