Tecnologia

Porto acolhe fórum sobre a Internet do futuro na quinta-feira

Foto Arquivo/global Imagens

O Porto vai acolher, na quinta-feira, a 2.ª edição do Next Generation of Internet, uma iniciativa para debater "a Internet do futuro", que, segundo a especialista e organizadora do evento Monique Calisti, será "mais humana e mais segura".

"Esta iniciativa pretende garantir que a Internet do futuro seja aberta, mas de confiança e segura. E que também permita às pessoas conquistarem o poder da Internet, isto é, criarem uma Internet de humanos", disse à Lusa Monique Calisti, avaliadora especialista e revisora em vários domínios das tecnologias de informação e comunicação na Comissão Europeia.

A 2.ª edição do evento, que decorre no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, conta, ao longo de quinta-feira, dia 13 de setembro, com várias conferências de especialistas em tecnologia e agentes governamentais, como o Pearse O'Donohue (diretor de 'Future Networks', DG Connect, da Comissão Europeia), Louis Pouzin (um dos fundadores da internet) e Manuel Heitor, Ministro da Ciência Tecnologia e Ensino Superior.

Segundo Monique Calisti, especialista em inteligência artificial e engenharia das telecomunicações, o principal objetivo desta iniciativa "é aproximar a comunidade de inovadores e investigadores" para juntos garantirem que, no futuro, "a internet não vai assumir um papel de controlo tão grande na privacidade e segurança das pessoas".

Em debate vão estar temas como a confiança na Internet, a inteligência artificial, os softwares, as infraestruturas das redes e as mudanças na regulamentação.

O "surgimento de centros de pesquisa e inovação", assim como "a vasta criação de 'startup' (empresas de base tecnológica em fase de desenvolvimento)" foram as razões que motivaram a organização a escolher o Porto como cidade anfitriã deste evento.

Quanto à próxima geração da Internet, Monique Calisti garantiu que "vai ter grande impacto na vida das pessoas", isto porque, acredita que "vai dar uma maior segurança, proteção, assim como vai permitir o acesso a serviços que são cada vez mais controlados pela inteligência artificial".

"Os jovens já fazem parte desta nova geração e, por isso, devem ver nestas alterações uma oportunidade, ou seja, uma transação, na medida em que a Internet vai ser o lugar onde as novas gerações vão desenvolver as suas relações de negócio, mas também sociais. Felizmente, vão poder fazê-lo com maior segurança e de forma mais humanizada", acrescentou.

O Fórum Next Generation Internet (NGI), é uma iniciativa do Mercado Único Digital da Comissão Europeia e é organizado pela HUB4NGI, que coordena o evento em colaboração com a Câmara Municipal do Porto através do Porto Digital.