O Jogo ao Vivo

Faceionário

Eles sabem o porno que vês

Eles sabem o porno que vês

A privacidade online é um dos assuntos mais discutidos na atualidade. As grandes empresas, como a Google e o Facebook, sabem tudo o que fazemos na Internet e, segundo um novo estudo, nem os filmes porno escapam a esta malha tão rígida.

O estudo, publicado na revista "New Media & Society", analisou mais de 22 mil sites com conteúdos pornográficos e descobriu que 93% deles têm importantes falhas de segurança. Além disso, a investigação revela, ainda, que estes sites partilham informações com aplicações de terceiros.

A Google tem softwares que permitem seguir o comportamento dos utilizadores em 74% destes sites. A Oracle, outra gigante de software, tem presença em 24% destes sites. O Facebook, que curiosamente censura conteúdos pornográficos ou a simples nudez na sua plataforma, também foi identificado em 10% dos sites analisados pelo estudo. Na amostra selecionada, apenas 17% dos 22484 sites são encriptados, ou seja, os dados dos utilizadores são vulneráveis a um eventual ataque informático.

Os dados que estas empresas podem recolher são, em muitos casos, usados para a criação de perfis que ajudam a desenvolver campanhas de marketing direcionadas. "Estes ​​​​​​​sites deve pensar melhor sobre os dados que possuem e quão sensível esta informação é", disse Elena Maris, um investigadora da Microsoft, e autora do estudo, ao "The New York Times".