Premium

Já há quem faça hacking biológico

Já há quem faça hacking biológico

Há quem queira tornar os seus corpos mais fortes e fazer com que os seus cérebros funcionem melhor. A vontade nada tem de surpreendente, não fora o método que está a ser usado por estes "biohackers", pessoas que estão a inserir tecnologia debaixo da pele, a adotar dietas extremas e a tentar mudar o seu ADN.

Um programa da BBC focou-se nestas estranhas pessoas, como Liviu Babitz. Quem tocar no seu peito nota bem do que se está a falar: cada vez que se vira a norte, o seu peito vibra.

Exatamente para quê, não se percebe bem. Mas sabe-se como. Tem um engenho eletrónico enxertado no corpo, chamado "North Sense", que inclui conexão bluetooth e sistema de bússola. Está preso como se fosse um "piercing", com duas pequenas barras de titânio.

ver mais vídeos