Japão

Japão descobre grande reserva de terras raras

Japão descobre grande reserva de terras raras

O Japão encontrou nas suas águas territoriais um grande depósito de terras raras, minerais essenciais para a indústria de alta tecnologia, anunciou, esta sexta-feira, um cientista nipónico, afirmando que a descoberta pode abastecer o país por duzentos anos.

De acordo com Yasuhiro Kato, professor na Universidade de Tóquio, no subsolo ao largo de uma ilha do Oceano Pacífico, no extremo Noroeste do Japão, estão cerca de 6,8 mil milhões de toneladas de terras raras, minerais usados na produção, entre outros, de carros elétricos, de Iphones e Ipods, e essencial na tecnologia laser, nos mísseis e nas turbinas eólicas.

Kato, citado pela agência noticiosa France Presse, disse ter amostras de lama retiradas a 5.600 metros de profundidade de uma área perto da ilha de Minamitorishima e que indicam que os depósitos contêm níveis de terras raras 220 vezes superiores às necessidades anuais da indústria japonesa.

PUB

"Podemos começar a explorar essas lamas, utilizando a tecnologia da extração petrolífera, dentro de três anos, e começar a produzir metais raros dentro de cinco anos", disse o professor.

A China assegura, atualmente, mais de 90% da oferta de terras raras em todo o mundo, mas começou a reduzir as suas exportações, numa medida contestada pela comunidade internacional, que acusa o Governo chinês de protecionismo.

Pequim justifica a redução nas exportações com legislação de proteção ambiental e com a necessidade de assegurar a sustentabilidade da produção das terras raras.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG