EUA

Jovem madeirense de partida para a Apple

Jovem madeirense de partida para a Apple

Um jovem engenheiro madeirense está de partida para os Estados Unidos, depois de ter sido selecionado, entre milhares de candidatos em todo o mundo, para um estágio profissional na multinacional norte-americana Apple, onde sonha ajudar a criar um iPad.

Natural do Funchal e com 31 anos, José Nelson Alves é licenciado em Engenharia Informática pela Universidade da Madeira.

Atualmente, integrado numa equipa de Lógica que inclui outros jovens engenheiros estrangeiros, cumpre o mestrado profissional em 'Interação Homem - Máquina', ministrado conjuntamente pela Universidade da Madeira (UMa) e a Carnegie Mellon University.

Este mestrado é desenvolvido pelo Madeira Interactive Technologies Institute, da UMa, e pelo Human-Computer Interaction Institute, da Carnegie Mellon University, no âmbito do programa Carnegie Mellon Portugal.

No âmbito da sua atividade, o jovem participou num projeto de investigação com o objetivo de desenvolver uma ferramenta de extração de dados estatísticos sobre empresas na Web, mas foi o facto de ter feito parte de duas equipas vencedoras na conceção de aplicações para o Yahoo (para levar pessoas com interesses comuns na área da música a contactar-se e a ir a concertos) e para o Facebook (partilha de álbuns) que terá atraído o interesse da Apple.

"Tudo começou em janeiro. Recebi um e-mail da Apple a pedir candidatos para um estágio, candidatei-me, fiz três entrevistas via telefone com o supervisor do estágio e, em finais de abril, recebi a resposta afirmativa", contou.

"Vou trabalhar naquilo que eles chamam de visualização da informação na equipa de deteção de fraudes", ou seja, "vou desenvolver as ferramentas que vão ajudar outras pessoas a detetar fraudes", acrescentou.

PUB

Após o estágio, de três meses, Nelson espera ficar nos quadros da empresa. Sobre a possibilidade de Portugal ter na Apple um 'novo' Steve Jobs (fundador da empresa), o engenheiro disse, com um sorriso, que ainda não está preparado, sem esconder, contudo, algum brilho nos olhos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG