Inovação

Leica apresenta câmara instantânea com preço em conta

Leica apresenta câmara instantânea com preço em conta

A Leica anunciou, na passada semana, o lançamento da Sofort. É a resposta da empresa alemã ao fenómeno das máquinas fotográficas instantâneas. Com um preço a rondar os 300 euros é um dos equipamentos mais baratos da Leica.

A nova Leica Sofort - o nome deriva da palavra alemã para imediato - chega ao mercado em novembro, mesmo a tempo das primeiras compras para o Natal. Vai estar disponível em cores como o branco clássico, o laranja e em verde menta vintage.

Vem equipada com uma lente de 60 milímetros, flash incorporado e a velocidade do obturador varia entre o 1/8 e o 1/400. Tem um vasto conjunto de opções ao nível da exposição. Podem ser tiradas fotografias com o modo "Party & People", "Desporto & Acção" e "Macro".
Uma das principais novidades reside no pequeno espelho colocado na parte da frente desta câmara. Assumindo um perfil mais jovem, permite que os utilizadores façam selfies, como se de um moderno smartphone se tratasse.
Suficientemente pequena e resistente, pode ser colocada numa mochila para levar durante as férias. As suas dimensões são de 124 x 94 x 58 milímetros e pesa cerca de 300 gramas.
A câmara é compatível com todos os filmes que já existem para a Fujifilm Instax Mini, mas a Leica já está a trabalhar nos seus próprios filmes, um colorido e outro a preto e branco.
A bateria tem uma capacidade que pode durar até 100 disparos. A nova aposta da Leica vai dar a possibilidade de programar fotografias, graças ao temporizador automático.

O renascimento das máquinas instantâneas

A Polaroid foi a grande pioneira no mercado das máquinas fotográficas instantâneas. Tiveram grande sucesso no mercado, principalmente nas décadas de 70 e 80. Mas, com a chegada da fotografia digital, a Polaroid diminuiu o número de máquinas vendidas e foi obrigada a abrir falência em 2008.
Adquirida, em 2009, pela PLR IP Holdings, viu nascer novos modelos, que têm registados números favoráveis no que se refere às vendas, principalmente junto dos adeptos da cultura vintage e de alguns artistas. Taylor Swift, por exemplo, usou uma instantânea para a capa do seu álbum "1989".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG