Tecnologia

Livros medievais disponíveis em 3D para folhear

Livros medievais disponíveis em 3D para folhear

Livros medievais podem agora ser folheados através de um sistema de leitura em 3D apresentado, terça-feira, na feira de tecnologias de informação Cebit, em Hanover, Alemanha.

Os textos antigos e as ilustrações são copiadas digitalmente e retransmitidos para um ecrã plano.

O novo sistema de leitura, desenvolvido pelo organismo alemão de investigação Fraunhofer, permite ao leitor colocar-se a alguns metros de distância do ecrã, estender os braços e fazer o gesto de virar as páginas do livro antigo.

Os gestos são analisados por detetores de movimento e o leitor pode virar as páginas do livro 360 graus e admirar em 3D as imagens embutidas.

"Penso que o livro mais velho que digitalizamos até agora tem pelo menos mil anos", explicou o responsável do projeto, Paul Chojecki.

O Fraunhofer trabalha em parceria com a biblioteca da Baviera, em Munique, que pretende tornar mais acessível a sua coleção de livros antigos, mas o instituto quer levar a experiência mais longe.

"É possível imaginar uma função para procurar palavras ou uma tradução simultânea se, por exemplo, não percebermos latim", adiantou Chojecki.

O Cebit, a maior feira mundial de alta tecnologia, começou esta terça-feira e decorre até sábado.