Google

Maior parte dos portugueses usa motores de busca para ler notícias

Maior parte dos portugueses usa motores de busca para ler notícias

A grande maioria dos portugueses usa os motores de pesquisa no dia-a-dia, principalmente para ler notícias. Esta é uma das conclusões de um estudo da Google sobre os hábitos e formas de pesquisa online dos portugueses.

O inquérito, que incluiu mais de 600 portugueses de todas as regiões de Portugal continental e de todas as diferentes gerações, revelou que 85% dos utilizadores em Portugal utilizam as ferramentas de pesquisa online diariamente: 43% numa frequência de 1 a 5 vezes por dia e 28% mais de 10 vezes por dia.

Segundo um comunicado enviado às redações, o mesmo estudo concluiu que a maioria (61%) usa os motores de busca para aceder aos meios de comunicação para ler notícias sobre a atualidade; 43% para ter informação sobre produtos e serviços antes de comprar; e 39% para encontrar informações para tarefas do dia-a-dia.

Os Baby Boomers são a geração que mais pesquisa sobre atividades de lazer, como restaurantes e viagens; a Geração Z procura mais informação sobre entretenimento (filmes e músicas); e a Geração X e os Millennials são os que mais se interessam pelo tema do desempenho profissional.

Por outro lado, as mulheres usam mais a pesquisa para facilitar as tarefas do dia-a-dia e tomar decisões de compra, enquanto os homens pesquisam mais para encontrar informações para o seu desempenho profissional e para o seu entretenimento.

Em relação aos dispositivos usados na pesquisa online, a maioria dos portugueses prefere o computador (59%) ao telemóvel (33%). Contudo, verificam-se diferenças entre as gerações e entre sexos: 60% da Geração Z e dos Millennials preferem pesquisar no telemóvel, enquanto 64% dos Baby Boomers e 51% da Geração X pesquisam mais no computador. Em termos de sexos, a maioria das mulheres recorre mais ao telemóvel (53%) e os homens (60%) usa mais o computador.

Maior parte dos portugueses não conhece truques de pesquisa

PUB

O estudo da Google concluiu ainda que a maioria (58%) dos inquiridos não conhece truques para otimizar a pesquisa online e quase metade (48%) gostaria de saber mais sobre como usar estas ferramentas de forma mais eficiente.

Assim, 77% dos portugueses costuma pesquisar por categorias (como imagens, vídeos ou notícias) e 39% utiliza as aspas para filtrar os resultados. Porém, apenas 11% usa o hífen para eliminar palavras que não são relevantes na pesquisa e 4% procura por sinónimos, colocando o "~".

Em relação às diferenças entre as várias gerações, os Baby Boomers são a geração que mais desconhece estas dicas de otimização (72%), seguidos pela Geração X (61%). A Geração Z (58%) e os Millennials (57%) são as únicas faixas etárias a manifestarem mais conhecimento do que desconhecimento sobre estes truques.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG