Apple

Milhares de fãs impacientes para comprar iPhone 4S

Milhares de fãs impacientes para comprar iPhone 4S

Nas ruas do 'mundo' a loucura era visível. Milhares de fãs da Apple quiseram ser os primeiros a comprar o novo modelo iPhone 4S posto, esta sexta-feira, à venda pelo gigante informático americano. Londres, com a maior loja da Apple do mundo, registou um cenário idêntico a Sydney ou a Tóquio.

Num ambiente de euforia, milhares de pessoas apressaram-se para as lojas da Apple e para as das operadoras telefónicas de Sydney e Tóquio em busca da última novidade da "maçã".

"É fantástico. É uma das mais belas sensações que conheço", exclamou Tom Mosca, de 15 anos, que esperou 80 horas para comprar o aparelho.

Umas horas mais tarde do que em Sydney, abriram as lojas de Tóquio. Diante da loja Apple de Ginza, o cenário era de caos e de impaciência.

"Eu nunca tinha feito fila na minha vida para comprar alguma coisa. Mas senti-me obrigada esta vez, porque Steve Jobs morreu e este telefone será a sua criação póstuma", declarou Ryosuke Ishinabe, de 24 anos, que acampou três dias e três noites diante da loja da Apple, onde também foram depositadas montanhas de maçãs e flores.

No quarteirão de Omotesando, muitas centenas de pessoas fizeram fila diante da loja Softbank. Masyoshi Son, responsável da loja, acolhia com um imenso sorriso os primeiros compradores. "Este iPhone 4S não é um produto, é uma obra", declarou, num tributo à memória de Jobs, com o qual tinha relações amigáveis e profissionais.

Em Londres, os funcionários da loja Apple distribuíram senhas a 300 pessoas que formavam uma longa fila na turística praça de Covent Garden, num clima de festa.

"Sou um grande fã da Apple", disse Rob Shoesmith, de 30 anos, que acampou durante 10 dias do lado de fora da loja para garantir o novo aparelho. E revelou que, durante o "acampamento", trocou acessórios da Apple por alimentos e água. Além disso, usou as redes sociais para pedir às pessoas que lhe levassem comida.

O modelo 4S, mais rápido, mais eficiente e mais sofisticado que o anterior, teve um milhão de exemplares reservados durante as primeiras 24 horas. Ele foi lançado, esta sexta-feira, num total de sete países: Estados Unidos, Alemanha, Austrália, Canadá, França, Japão e Reino Unido.