"Startup"

Nanossensor para monitorizar glicose vence concurso na Web Summit

Nanossensor para monitorizar glicose vence concurso na Web Summit

A "startup" suíça Nutrix, que está a desenvolver um nanossensor para monitorizar o nível de glicose no sangue, venceu o concurso para estas empresas em fase inicial na cimeira de tecnologia Web Summit, em Lisboa.

O anúncio foi feito pelo júri do "pitch" (breve apresentação de uma empresa com apenas três a cinco minutos de duração) no palco principal do evento, na Altice Arena, depois da final desta quinta-feira, entre três companhias de um total de 135 selecionadas para concorrerem a este prémio.

A Nutrix é uma empresa de fase inicial, de Basileia, na Suíça, que está a desenvolver um nanossensor que se coloca nos dentes e que faz a monitorização dos níveis de glicose em tempo real, um indicador especialmente importante para quem sofre de diabetes, sem ser preciso recorrer ao uso de agulhas.

Para a decisão contou, além do veredicto dos jurados, as votações dos participantes no evento, através da aplicação para telemóvel da Web Summit, sendo que ambos concordaram na eleição da Nutrix para vencedora.

A Web Summit termina esta quinta-feira no Altice Arena e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), com mais de 70 mil participantes naquela que é a quarta edição de 13 previstas em Lisboa.

Fundada em 2010 por Paddy Cosgrave, Daire Hickey e David Kelly, a Web Summit é considerada um dos maiores eventos de tecnologia, inovação e empreendedorismo do mundo e evoluiu em menos de seis anos de uma equipa de apenas três pessoas para uma empresa com mais de 150 colaboradores.

A cimeira tecnológica, que nasceu em 2010 na Irlanda, passou a realizar-se em Lisboa desde 2016, vai manter-se na capital até 2028, depois de, em novembro do ano passado, ter ficado decidida a permanência da conferência em Portugal por mais 10 anos, após uma candidatura com sucesso.

Outros Artigos Recomendados