Tecnologia

Quatro novos iPhone 12, um deles mini, e inclusão de 5G

Quatro novos iPhone 12, um deles mini, e inclusão de 5G

A Apple apresentou esta terça-feira os novos iPhone 12, num dos mais importantes lançamentos da marca, com mudanças de design, novos modelos de tamanhos diferentes - um deles é mini - e a inclusão de 5G.

iPhone 12 Pro e Pro Max

Além do Mini, a linha do iPhone 12 completa-se com duas apostas com "materiais mais nobres" - ou seja, também haverá um preço mais elevado a acompanhar.

O 12 Pro conta com 6,1 polegadas de ecrã e o Pro Max com 6,7 polegadas, o maior ecrã já utilizado num iPhone.

Como diferenciação visual, estes modelos Pro contarão com cores e acabamentos diferentes.

Os iPhone Pro vão ter algumas diferenças a nível de câmaras em comparação com o modelo 'normal' e o iPhone Mini.

A câmara ultrawide dos modelos Pro tem não só um sensor maior mas também uma abertura de 1.6 - a Apple indica que isso permitirá ter até mais 87% de luz em ambientes mais escuros.

iPhone 12 mini. O iPhone bebé

Sem surpresa, há agora um novo iPhone 12 mini, mais pequeno do que tem sido habitual para a Apple. "É o smartphone 5G mais pequeno do mundo", é anunciado.

O novo ecrã tem apenas 5,4 polegadas (mais pequenos do que o iPhone 11 Pro e que tem sido o tamanho habitual desde o iPhone desde 6) e já não tem botão por baixo e mantém o aspeto com notch semelhante aos modelos mais atuais.

O preço do 12 mini é 699 dólares e 799 dólares no 12. Em Portugal deve ser um pouco mais em euros.

iPhone 12 mini começa nos 829 euros

Já há preços oficiais em Portugal no site da Apple. As reservas do novo iPhone 12 (€919) e 12 Pro (€1179) ficam disponíveis dia 16 de outubro, sexta-feira e o modelo é disponibilizado a 23 de outubro.

Já o iPhone 12 mini (€829) e o 12 Pro Max (€1279) podem ser reservados a 6 de novembro e chegam a 13 desse mesmo mês.

A maior desilusão nos preços para Portugal é o modelo mini, com ecrã de 5,4 polegadas, que é bem mais caro do que anunciado nos EUA: começa nos 829 euros (nos EUA é nos 699 dólares) e tem apenas 64GB de armazenamento.

Modelos antigos com baixa de preços

Como acontece sempre que a Apple apresenta novos equipamentos, é feita uma redução de preço dos modelos já existentes.

Assim o iPhone SE passará a ser o modelo mais barato da linha, a partir de 399 dólares. Já o iPhone 11, por exemplo, passa a ter um preço base de 599 dólares.

Scanner LiDAR

Num momento dedicado à tecnologia LiDAR, os modelos Pro vão ter um scanner deste tipo. Em linhas muito gerais, é explicado que esta tecnologia tem em conta a forma como a luz reflete nos objetos.

Este scanner permite fazer várias coisas, desde mapear uma divisão ou melhorar a capacidade de focagem em ambientes com menos luz.

A Apple refere que a combinação das câmaras com este scanner permitirá "ter acesso a um novo mundo de possibilidades na área da realidade aumentada".

Gravação vídeo HDR chega pela primeira vez ao iPhone

A gravação vídeo HDR fica agora disponível. São 12 milhões de cores capturadas e capacidade que a Apple promete ser ao nível de profissionais. O 12 Pro será a primeira câmara com Dolby Vision HDR, dando mais detalhes em cada frame em 4K e 60fps. E há edição de vídeo Dolby Vision disponível no novo modelo.

Já o Apple ProRAW é uma nova ferramenta para dar mais capacidade de edição aos fotógrafos profissionais.

Sem auriculares e carregadores por "questões ambientais"

Os próximos telefones da Apple chegarão ao consumidor sem auriculares ou carregador na caixa. A empresa defende que se trata de "questões ambientais". Tirar estes acessórios permite fazer caixas mais leves - Jackson defende que uma palete de produtos "será até 70% mais leve".

Reduzindo o peso a Apple espera uma redução considerável das emissões de carbono na questão logística.

MagSafe

É um sistema para carregar sem fios o iPhone que inclui novas capas que permitem "colar-se" ao iPhone por imãs, para tirar e por facilmente.

Câmara Ultra Wide e atualização do modo noturno

A Apple indica que as novas câmaras do iPhone, que incluem uma câmara Ultra Wide, vão ter um melhor desempenho mesmo em ambientes escuros. A tecnológica explica que o modo noturno "está ainda melhor" devido às novidades na área computacional. A possibilidade de fazer time-lapse em modo noturno é outra das novidades.

A atualização do modo noturno chegará aos diferentes modelos da linha iPhone.

Experiência 5G: sistema desliga 5G quando não é necessário

Tem mais bandas 5G disponíveis do que qualquer outro smartphone, é indicado, para funcionar em mais redes. Há software associado ao 5G, nomeadamente o Smart Data Mode: "Quando o iPhone não precisa de velocidades 5G, volta para 4G para poupar bateria".

A ideia é manter qualidade de chamadas, poupança de bateria e melhor performance quando se precisa de 5G.

iPhone 12 com novo design. Todos vêm com 5G

Novo design, com uma estrutura metálica mais retilínea nas extremidades, a fazer lembrar os antigos iPhone 5. É 11% mais fino e 15% mais leve. O ecrá OLED tem 2x mais píxeis do que o iPhone 11.

Várias cores disponíveis. O novo material do ecrã chama-se Ceramic Shield, em que a Apple promete que torna o ecrã mais resistente.

Tem 4x mais hipóteses de sobreviver se cair, é indicado.

Intercom: uma forma de comunicar entre dispositivos

A Apple demonstrou uma funcionalidade chamada Intercom, onde os utilizadores podem gravar mensagens que são transmitidas para outros dispositivos que estejam na mesma casa - um smartwatch, AirPods ou mesmo outras colunas. Mais uma vez, a tecnológica reforça a ideia de um ecossistema de produtos.

O HomePod Mini estará disponível por 99 dólares, com pré-vendas a partir de 6 de novembro. Resta saber se Portugal está na lista de disponibilidade deste produto e qual será o preço final.

Coluna inteligente HomePod Mini

A coluna inteligente HomePod Mini tem dimensões mais reduzidas. À semelhança do HomePod, também aqui existe a integração da assistente digital Siri.

A empresa refere que apostou em "qualidade de som", "inteligência" e "segurança e privacidade".

Outras Notícias