Exclusivo

Promete emigrar e cede casa a ex-mulher e filha mas inferniza vida a ambas

Promete emigrar e cede casa a ex-mulher e filha mas inferniza vida a ambas

Cadastrado por violência doméstica voltou de França e foi viver com antiga companheira, que não podia contactar.

Um homem já condenado por violência doméstica disse à ex-mulher que ia emigrar e convidou-a a ir morar para sua casa com os filhos. Porém, passado pouco tempo, regressou e, apesar de estar proibido de a contactar, foi morar com ela e com os filhos. Foram quatro meses de inferno, até o tribunal o obrigar a sair de sua casa.

O agressor seria de novo condenado, pelo Tribunal de Braga, a quatro anos de prisão, por dois crimes de violência doméstica e um crime de violação de proibições. Recorreu, mas o Tribunal da Relação de Guimarães veio a confirmar recentemente a pena.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG