Património

175 milhões em imóveis arrestados a ex-administradores do GES

175 milhões em imóveis arrestados a ex-administradores do GES

O Tribunal da Relação de Lisboa confirmou o arresto da Casa da Saudade, em Cascais, feito há quase dois anos, em nome de José Manuel Espírito Santo, no âmbito das investigações ao Universo Espírito Santo.

Na altura, além daquele imóvel, o Gabinete de Recuperação de Ativos, da Polícia Judiciária, aprendeu àquele e a outros suspeitos, praticamente todos administradores do grupo Espírito Santo, centenas de casas e terrenos, cujo valor total ascenderá a 175 milhões de euros.

Leia mais na edição e-paper ou na edição impressa.

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui