Covid-19

47 pessoas proibidas de sair de casa apanhadas na rua pelas autoridades

47 pessoas proibidas de sair de casa apanhadas na rua pelas autoridades

A GNR e a PSP detiveram na rua, desde 22 de março, 47 pessoas proibidas de sair de casa por estarem infetadas com o novo coronavírus ou em vigilância ativa por terem contactado com alguém nessa condição.

Desde 3 de abril, quando se iniciou a segunda fase da situação de exceção, que foram apanhadas na rua pelas autoridades 18 pessoas obrigadas a confinamento obrigatório, menos 11 do que no total dos 12 dias anteriores.

Outras 21 foram, em mais de três semanas, detidas ao violar a cerca sanitária de Ovar, segundo dados do ministério da Administração Interna.

No total, houve, entre a meia-noite de 22 de março e as 17 horas desta quinta-feira, 175 cidadãos detidos por violarem as normas do estado de emergência, incluindo o dever de recolhimento domiciliário.

Desde 22 de março, que a circulação na via pública está limitada, para a generalidade dos cidadãos, a determinados propósitos, como ir ao supermercado, trabalhar e passear o cão. Quem desrespeite a recomendação é aconselhado pelas autoridades a regressar a casa, mas, se não acatar a ordem, pode ser detido por desobediência.

Em caso de condenação em tribunal, a pena pode, neste âmbito, chegar a um ano e quatro meses de cadeia ou a 160 dias de multa.

PUB

No mesmo período, foram igualmente encerrados 1931 estabelecimentos, dos quais apenas 16 nas últimas 24 horas contabilizadas.

Há mais de três semanas que está suspensa a atividade da generalidade dos espaços abertos ao público, à exceção, entre outros, de supermercados, farmácias e bombas de gasolina. Os restaurantes só podem vender refeições para fora.

"O ministério da Administração Interna, perante a imperiosa necessidade de todos contribuírem para conter o contágio da Covid-19, insiste no cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo estado de emergência", apela, em comunicado, a tutela.

A situação de exceção vai durar, pelo menos, até 17 de abril.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG