Matosinhos

Abusa de menor de 13 anos e vende vídeos pornográficos dela na Internet

Abusa de menor de 13 anos e vende vídeos pornográficos dela na Internet

Um jovem de 20 anos foi detido por suspeita da prática reiterada de crimes de abuso sexual e pornografia de menores sobre uma menor de 13 anos de idade, em Matosinhos. Os detentores do poder paternal sabiam e concordavam com a relação que durava desde 2019.

Segundo um comunicado da Diretoria do Norte da Polícia Judiciária, a vítima com 13 anos e o agressor, na altura com 18 anos, conheceram-se através das redes sociais, tendo iniciado um relacionamento afetivo e sexual. Os responsáveis pelo poder paternal terão tido conhecimento e concordado com a relação.

No decurso desse relacionamento, o arguido registou as práticas sexuais em fotografias e vídeos e ainda convenceu a menor a produzir e enviar-lhe mais imagens suas de teor pornográfico. O arguido, que não tinha ocupação ou meios de rendimento, decidiu aproveitar estas imagens para fazer dinheiro. Utilizando perfis falsos, começou a vender na Internet os conteúdos pornográficos que tinha registado e as imagens que tinha convencido a menor a fazer.

Os factos chegaram ao conhecimento da Polícia Judiciária que desenvolveu diligências que permitiram recolher indícios seguros da prática dos referidos crimes e respetiva autoria, culminando com a detenção do arguido.

Dez mil euros em dinheiro e equipamento topo de gama

Após buscas domiciliárias, foram apreendidos ao suspeito quase dez mil euros em dinheiro, equipamentos de telecomunicações e informática topo de gama e outros bens de elevado valor comercial, cuja proveniência se presume ser resultado desta e de outras atividades ilícitas.

O detido, de 20 anos de idade, sem ocupação profissional, vai ser apresentado a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG