O Jogo ao Vivo

Ministério Público

Acusado de esfaquear rival perto de discoteca de Almada

Acusado de esfaquear rival perto de discoteca de Almada

O Ministério Público deduziu acusação por homicídio qualificado na forma tentada contra um homem que esfaqueou brutalmente um rival após um desentendimento numa discoteca em Almada. O caso ocorreu na madrugada de 27 de julho de 2019.

A investigação, a cargo da Polícia Judiciária de Setúbal, concluiu que agressor e vítima tiveram um desentendimento no interior de uma discoteca em Almada. Já no exterior, após serem expulsos, deram-se as agressões, que se revelaram quase fatais.

O agressor seguiu no encalço da vítima por várias ruas da cidade, tendo-lhe desferido vários pontapés e socos que a deixaram prostrada no chão. Um pouco mais tarde e com clara intenção de matar a vítima, regressou ao local com uma faca, golpeou-a no pescoço, perto da veia jugular, nos braços e tronco, e rasgou-lhe a orelha direita. O agressor colocou-se depois em fuga, deixando o ofendido sem sentidos. O homem apenas sobreviveu aos golpes infligidos por ter sido socorrido imediatamente pelos bombeiros.

O agressor foi detido pela Polícia Judiciária de Setúbal e vai agora responder em tribunal por homicídio qualificado na forma tentada.

Outras Notícias