Barreiro 

Acusado de violar enteada mais de cem vezes está fugido das autoridades há um ano 

Acusado de violar enteada mais de cem vezes está fugido das autoridades há um ano 

Um homem de 49 anos violou ao longo de três anos a sua enteada, mas quando esta apresentou queixa, em março do ano passado, colocou-se em fuga e nunca mais foi visto. O suspeito foi agora acusado de 97 crimes de violação agravada.

Os crimes começaram no verão de 2017, quando a vítima tinha 15 anos. O homem aproveitou-se da força física para violar a sua enteada por quase cem vezes. A 6 março de 2020, quando soube que a vítima apresentou queixa, o homem colocou-se em fuga.

O suspeito nunca chegou a ser detido e a Polícia Judiciária de Setúbal propôs a emissão de mandado de captura internacional, tendo em conta que se acreditava que o homem tinha regressado ao seu país (tem ascendência cabo-verdiana).

As autoridades vão agora tentar localizar o arguido para o notificar da acusação de 97 crimes de violação agravada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG