Viseu

Acusou polícias de a quererem violar e foi detida

Acusou polícias de a quererem violar e foi detida

Uma mulher de 39 anos foi detida por agentes da PSP de Viseu, depois de os ter acusado de a quererem violar e de ter encenado a tentativa.

Segundo o comandante da PSP de Viseu, Vitor Rodrigues, a mulher foi abordada, na madrugada de quarta-feira, por dois agentes, uma vez que sobre ela recaía um mandado de detenção para prestar declarações no Tribunal de Viseu.

No entanto, a suspeita reagiu com agressividade. "Foi um autêntico filme", lamentou o super intendente. "Ao ser abordada, começou aos gritos, levantou a saia e abriu a camisa", ameaçando que iria fazer queixa deles por a quererem molestar, contou.

Os agentes acabaram por detê-la. Presente a tribunal, ficou obrigada a apresentações periódicas.

Murros no carro da PSP

A PSP deu ainda a conhecer a detenção de um homem de 53 anos por, esta quinta-feira de manhã, ter injuriado agentes da PSP que fiscalizavam o trânsito.

Na versão dos agentes, o homem, que não estava a ser fiscalizado, saiu da própria viatura que tinha estacionada e dirigiu-se a eles.

PUB

"Insultou-os, disse-lhes que eram uns filhos da p... e que ele é que lhes pagava o ordenado. Deu dois murros no carro da polícia e pediu ao filho para filmar", contou Vitor Rodrigues, que considera que o homem, comerciante, "procurava protagonismo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG