Albufeira

Adolescente tinha três jibóias, uma piton e uma tarântula em casa

Adolescente tinha três jibóias, uma piton e uma tarântula em casa

A GNR apreendeu cinco espécimes protegidos - quatro cobras e uma tarântula - em Albufeira. Os animais eram de um adolescente que não tinha qualquer documentação dos répteis ou da aranha.

A investigação do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR iniciou-se no dia 15 de outubro após a descoberta e captura de uma jiboia "Boa Arco-Iris" no logradouro de uma habitação em Albufeira. Os militares realizaram então diligências que permitiram identificar o seu detentor, um jovem de 16 anos.

Na posse desta informação, no dia 31 de outubro, os militares conseguiram recuperar na residência daquele adolescente outras duas jiboias "Boa Arco-íris", uma piton "Python Bola" e uma tarântula encaracolada da Nicarágua.

Todos os animais pertencem a espécies protegidos internacionalmente, de acordo com a Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (CITES).

Foram elaborados dois autos de notícia por contraordenação, por falta de Certificado CITES, de Registo de Detenção de Espécimes Perigosos e de Registo de Criador, sendo todos os animais apreendidos e entregues a um parque de diversões, na localidade de Quarteira.

A ação teve o apoio do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), a Autoridade CITES em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG