Exclusivo

Advogada paga 500 mil a clientes para fugir a pena

Advogada paga 500 mil a clientes para fugir a pena

Ema dos Santos, de Barcelos, estava a ser julgada por burla, mas devolveu dinheiro que lhe tinha sido confiado.

Devolveu o montante que lhe fora confiado, e o Tribunal de Braga arquivou o processo. A advogada Ema Magalhães dos Santos, de Barcelos, estava a ser julgada pelo crime de burla qualificada, por ter ficado em proveito pessoal com 500 mil euros, pertença de clientes, mas entendeu-se com os queixosos, o que levou o coletivo de juízes a terminar o processo.

Os 500 mil euros tinham-lhe sido entregues no quadro de um processo de herança de bens envolvendo cinco irmãos, por falecimento dos pais. Agora, os irmãos vieram dizer ao Tribunal que desistiam da queixa, já que foram "completamente ressarcidos dos danos", acrescentando que não se opunham à extinção da responsabilidade criminal e desistiam do pedido de indemnização cível.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG