Ricardo Sá Fernandes

Advogado de vice da câmara de Montalegre diz que autarca vai esclarecer acusações

Advogado de vice da câmara de Montalegre diz que autarca vai esclarecer acusações

Ricardo Sá Fernandes, o advogado do vice-presidente da câmara de Montalegre, detido no âmbito da Operação Alquimia da Polícia Judiciária, disse, esta sexta-feira à porta do Tribunal de Instrução Criminal (TIC) do Porto, que o autarca vai esclarecer as acusações de associação criminosa, prevaricação, recebimento indevido de vantagem e outros ilícitos associados a adjudicação de contratos públicos de 20 milhões de euros. O presidente da câmara, Orlando Alves e o chefe de Divisão de Obras da autarquia foram detidos na mesma operação.

"Quem eu defendo, que é o vice-presidente, vai com certeza prestar declarações e todos os esclarecimentos, seguramente", disse esta tarde Ricardo Sá Fernandes, à porta do TIC, onde os arguidos devem ser submetidos ao primeiro interrogatório judicial.

O advogado de David Teixeira disse ainda que, muito provavelmente, os interrogatórios não serão concluídos esta sexta-feira. A meio da tarde, os arguidos ainda não tinha chegado ao TIC.

PUB

Recorde-se que Orlando Alves, o vice, David Teixeira, assim como o chefe da Divisão de Obras da autarquia foram ontem detidos pela PJ por suspeitas de terem montado um esquema para lucrar à custa de empreitadas do município. Estão indiciados por terem montado um "cartel" com um grupo restrito de empresários a quem distribuíam adjudicações ou concursos das obras públicas, entre 2014 até este ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG