Lisboa

Agente da PSP agredido com copo, socos e pontapés no Bairro Alto

Agente da PSP agredido com copo, socos e pontapés no Bairro Alto

A PSP deteve, no domingo, um homem, de 26 anos, suspeito de ter atacado com um copo um agente da PSP, no Bairro Alto.

O incidente teve lugar no dia 29 de setembro. A vítima, um agente da PSP que estava de folga, deu conta de "uma altercação entre um grupo e um funcionário do estabelecimento", adianta a PSP.

Na tentativa de serenar os ânimos, interveio acabando "por ser agredido com um copo de vidro que o agressor tinha na mão", provocando-lhe um "corte na cabeça com cerca de 3 centímetros".

"A forte pancada com o copo de vidro fez cair a vítima ao chão o que não impediu que o grupo agressor continuasse a dar-lhe pontapés e socos, com especial destaque para o agora detido, o que fez a vítima perder os sentidos, só aí interrompendo a sua ação violenta", detalha aquela força policial em comunicado.

O agente agredido foi depois assistido por uma equipa do INEM e conduzido para o hospital, onde recebeu "tratamento tendo sido suturado com vários pontos na cabeça".

Detido com histórico de agressões

Através das informações dadas pela vítima, assim como por testemunhos no local, a PSP identificou o suspeito, acabando por o deter no Casino de Lisboa.

O detido tem "historial por agressões quer a homens, quer a mulheres, inclusive contra agentes da autoridade". É ainda portador de "armas proibidas" e tem "várias condenações por falta de habilitação legal e por tráfico de estupefacientes".

O suspeito vai permanecer em prisão preventiva.