Sintra

Agente da PSP entre detidos por rapto e extorsão

Agente da PSP entre detidos por rapto e extorsão

A PJ deteve dois homens, um dos quais agente da PSP, por suspeitas de rapto, ofensas à integridade física qualificada e extorsão agravada.

Em comunicado, a PJ adianta que a investigação, muito recente, teve início logo após a libertação da vítima raptada, que foi intercetada na via pública e transportada para outro local, sob constante ameaça e grande violência física, tendo como fim a extorsão de uma quantia monetária a uma outra vítima.

A PJ refere que as ameaças e a violência foram concretizadas mediante o recurso a arma de fogo, utilização de bastão e "spray", que foram apreendidos durante as buscas.

Os dois homens, ambos com 26 anos, foram detidos pela Unidade Nacional Contra Terrorismo (UNCT) da PJ, num inquérito dirigido pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Sintra.

A PJ indica também que a detenção do agente da PSP foi previamente coordenada com esta força de segurança.

Os dois detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial e ficaram em prisão preventiva.