Amadora

Agente da PSP ferido em operação para travar festa ilegal na Cova da Moura

Agente da PSP ferido em operação para travar festa ilegal na Cova da Moura

Um agente da PSP ficou ferido, no domingo à noite, após ter sido atingido com uma garrafa quando tentava pôr termo a uma festa ilegal no Bairro da Cova da Moura, na Amadora. Os polícias foram recebidos com disparos e arremesso de pedras e garrafas e detiveram três pessoas.

Os diversos alertas para a festa ilegal, que terá juntado largas de dezenas de jovens nas ruas do bairro, começaram a chegar à PSP cerca das 21 horas de domingo.

Após verificar a veracidade das denúncias - música e muitos jovens na rua a consumir álcool - a PSP avançou para o bairro cerca das 22 horas.

Segundo fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, "à chegada dos agentes foram ouvidos disparos de arma de fogo e arremessadas pedras e garrafas".

Os polícias pediram reforços e para o local foi enviado um dispositivo mais musculado, com diversas Equipas de Prevenção e Reação Imediata e o Corpo de Intervenção, que conseguiram dispersar o ajuntamento e deter três homens, com idades entre os 23 e os 28 anos.

Um deles havia atirado a garrafa que feriu o agente e um outro estava na posse de diversas pedras que se destinavam a ser arremessadas contra a Polícia. O terceiro detido está indiciado por tráfico de droga.

PUB

O dispositivo policial só retirou do bairro cerca das 3.45 horas desta segunda-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG