Porto

Agente da PSP iliba "Macaco" de cântico de morte

Agente da PSP iliba "Macaco" de cântico de morte

Líder dos SuperDragões proibido de frequentar recintos na sequência de cânticos de morte ao Benfica, cujas imagens foram divulgadas na Internet.

As imagens de Fernando Madureira, conhecido por "Macaco", em frente à claque dos SuperDragões que entoava o cântico "Ai quem me dera que o avião da Chapecoense fosse do Benfica", no pavilhão Dragão Caixa, em abril do ano passado, depressa correram pelas redes sociais. E valeram a Madureira uma multa de 2600 euros e a interdição de acesso a recintos desportivos durante meio ano, sanções impostas pelo Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPJD).

Leia a nossa Edição Impressa ou tenha acesso a todo o conteúdo no seu computador, tablet ou smartphone assinando a versão digital aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG