Aveiro

Agrediu companheira e depois a mãe com quem ficara em prisão domiciliária

Agrediu companheira e depois a mãe com quem ficara em prisão domiciliária

A Polícia deteve na quarta-feira, em Aveiro, um homem, com 35 anos, suspeito de violência doméstica contra a sua companheira, da mesma idade, e a própria mãe, com 66 anos. O indivíduo já havia sido detido, em dezembro de 2021, e ficou com pulseira eletrónica em casa da mãe, que agrediu no passado sábado.

Dando cumprimento a um mandado de detenção e outro de busca domiciliária, a PSP deteve o agressor na quarta-feira, após ter agredido, no sábado, a sua mãe, tendo-lhe causado ferimentos aos quais necessitou de receber tratamento hospitalar.

O suspeito já havia sido detido no dia 10 de dezembro do ano passado, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, posteriormente alterada para a de obrigação de permanência em residência, com colocação de pulseira eletrónica, pelo que passou a residir com a sua mãe que acabou por agredir também.

Durante a busca domiciliária foram apreendidos um punhal, uma faca e duas navalhas, duas embalagens e um pipeta contendo sementes, supostamente, de cânhamo / canábis), uma balança digital e dois telemóveis.

O detido foi ouvido, esta quinta-feira à tarde, no Tribunal de Instrução Criminal de Aveiro, e ficou em prisão preventiva, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Coimbra.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG