Premium

Agride toxicodependente até à morte por causa de dívida de 50 euros

Agride toxicodependente até à morte por causa de dívida de 50 euros

Um homem, de 28 anos, começou a ser julgado no Tribunal de Penafiel por ter agredido um toxicodependente, de 52 anos, até à morte, por causa de uma dívida de 50 euros, em Vila Meã, Amarante.

De acordo com a acusação do Ministério Público (MP) de Penafiel, Filipe Teixeira, aplicador de pavimentos, andava irritado com António Fernando Ribeiro, toxicodependente conhecido na zona de Vila Meã como "Rana", porque nunca mais lhe pagava os 50 euros que lhe devia. Filipe terá dado uma nota a "Rana" para que este fosse buscar um maço de tabaco. Mas nunca lhe entregou nem os cigarros nem o dinheiro.

No dia 16 de fevereiro de 2018, o arguido abordou a vítima nas imediações do Externato de Vila Meã, onde, segundo o MP, questionou-a sobre o dinheiro, aplicando-lhe duas bofetadas. O toxicodependente não reagiu e prometeu devolver o dinheiro, mal recebesse o rendimento social de inserção. Mas nunca chegou a pagar.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG