Premium

Alemão suspeito no caso Maddie preso por violar mulher no Algarve

Alemão suspeito no caso Maddie preso por violar mulher no Algarve

Polícias fazem apelo público a informações. Já tinha duas condenações por abusar de meninas, na Alemanha.

O novo suspeito do desaparecimento de Madeleine McCann é um alemão que está a cumprir pena por um crime violação de uma cidadã da mesma nacionalidade, cometido em Portugal. Também tem cadastro, na Alemanha, por abuso sexual de crianças do sexo feminino (duas condenações), e em Portugal por crimes contra o património, assaltos em unidades hoteleiras e casas de férias e tráfico de drogas.

O suspeito, cuja identidade não foi revelada em apelos feitos ontem pelas autoridades alemãs e inglesas, tem 43 anos e viveu no Algarve, onde cometeu a maioria dos crimes, entre 1995 e 2007, ano em que a menina, de 3 anos, desapareceu do aldeamento da praia da Luz, em Lagos, onde passava férias com os pais e os irmãos gémeos. Estava nas proximidades do resort na noite de 3 de maio de 2007 e teve uma conversa por telefone que terminou pouco mais de uma hora antes de o alerta ter sido dado.

Outras Notícias