Educação

Aluna insulta e agride professora em escola na Maia

Aluna insulta e agride professora em escola na Maia

Os episódios de violência nas escolas continuam a suceder-se.

Uma aluna do 7.º ano da Escola Secundária de Castêlo da Maia, de 14 anos, agrediu a professora de Educação Física, no final da aula, por não ter gostado de ser convocada para ajudar a arrumar o material.

Entre insultos e encontrões, um elemento da Direção da escola tentou acalmar a rapariga e também acabou por ser alvo das agressões. A GNR e o INEM foram chamados à escola, tendo a professora sido transportada ao hospital para avaliar ferimentos ligeiros.

A Fenprof pede ao Ministério da Educação que tome medidas para reforçar a autoridade dos professores e que contrate pessoal para apoiar os alunos, com ou sem necessidades educativas especiais. O Sindicato de Todos os Professores entregou um pré-aviso de greve para as próximas duas semanas para protestar contra a "violência e a impunidade nas escolas".

Ler mais na edição impressa ou no epaper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG