Exclusivo

Aluno suspeito de terrorismo ensaiou ataque à faculdade em Lisboa

Aluno suspeito de terrorismo ensaiou ataque à faculdade em Lisboa

O estudante de Informática detido por planear um ataque terrorista na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa ensaiou a matança dois dias antes de ser preso pela Polícia Judiciária (PJ), que passou a monitorizar o rapaz 24 horas por dia, mal o identificou.

Na quinta-feira, 10 de fevereiro, João Real Carreira foi detido, no quarto de um apartamento dos Olivais, por inspetores da Unidade Nacional de Contra Terrorismo, na posse de armas, botijas de gás e garrafas de gasolina, que iriam servir para o ataque à faculdade. Mas, na terça-feira, os mesmos elementos da PJ já seguiam todos os seus movimentos e estavam prontos para o prender perante qualquer sinal de agressividade.

Plano pormenorizado

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG