PJ

Ameaçava menina nas redes sociais para abusar dela

Ameaçava menina nas redes sociais para abusar dela

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, suspeito de ter violado diversas vezes uma menina, atualmente com 15 anos, em Aljustrel. O indivíduo ameaçava a vítima pessoalmente e através das redes sociais para a obrigar à prática de atos sexuais.

Em comunicado divulgado esta sexta-feira a PJ revela que "as agressões sexuais sucederam em períodos distintos, iniciando-se os primeiros atos sexuais de relevo no ano de 2021, ocasião em que a menor possuía apenas 14 anos de idade".

As agressões sexuais continuaram até ao início deste ano, cessando após a intervenção do pai da menina e respetiva denúncia perante a PJ. "Isto após tomar conhecimento que os sentimentos de revolta, desespero e solidão, manifestados pela menor, se encontravam relacionados com os maus tratos psíquicos e várias agressões sexuais de que era vítima", sublinhou a Judiciária.

O suspeito recorria a ameaças, que proferia pessoalmente e através das redes sociais, para constranger a menor à prática de atos sexuais.

Na sequência da investigação de imediato desencadeada, foi possível a recolha de vários elementos de prova que culminaram na detenção do suspeito, nesta quarta-feira.

O detido, desempregado e já referenciado pela prática de crimes de outra natureza, será ouvido em primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

O inquérito é dirigido pelos Serviços do Ministério Público de Ourique.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG