Operação Admiral

Apresentadora Ana Lúcia Matos detida em megaoperação da PJ

JN

Ana Lúcia Matos apresentou vários concursos e programas de televisão|

 foto Facebook

Ana Lúcia Matos apresentou vários concursos e programas de televisão|

 foto Facebook

Passou pela CMTV, TVI e Benfica TV

A apresentadora Ana Lúcia Matos e o marido são dois dos 14 detidos em Portugal no âmbito da Operação Admiral, uma investigação europeia, desencadeada pela diretoria do Norte da Polícia Judiciária, que desmantelou uma organização criminosa de fraude fiscal que terá movimentado mais de 2,2 mil milhões de euros. Só no nosso país, estima-se que tenham causado prejuízos ao Estado de 300 milhões de euros.

Ao que o JN conseguiu apurar, Ana Lúcia, que apresentou concursos e programas nas estações televisivas CMTV, TVI e Benfica TV, é uma das 14 pessoas detidas na terça-feira pela diretoria do Norte da PJ. É suspeita do crime de branqueamento. O marido será proprietário de empresas envolvidas no milionário esquema de fraude fiscal, ontem alvo de uma megaoperação das autoridades judiciárias europeias.

Segundo o Porto Canal, a apresentadora e o marido foram surpreendidos na sua casa, na margem sul do Tejo, pelos inspetores da PJ do Porto. O casal foi detido e foram-lhe apreendidos vários bens de luxo.

Os detidos deverão começar a ser ouvidos esta quarta-feira no Tribunal de Instrução Criminal do Porto pelo juiz Pedro Miguel Vieira, que está a presidir ao processo.

Relacionadas