Santa Marta de Penaguião

Aspirante a bombeiro detido por atear cinco incêndios

Alexandre Panda

Palmela, 13/07/2022 - Incêndio na baixa de Palmela, junto da estrada nacional N252. O fogo está perto de habitações que já foram evacuadas, de um McDonalds e duma bomba de gasolina da Repsol. (André Luís Alves / Global Imagens )

Foto André Luís Alves

Um jovem aspirante a bombeiro, agricultor de profissão, foi detido pela Polícia Judiciária de Vila Real por suspeita de ter ateado pelo menos cinco incêndios, no concelho de Santa Marta de Penaguião.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, o indivíduo é estagiário bombeiro na corporação de Santa Marta de Penaguião, onde reside.

"Os incêndios, ocorridos nos dias 1 de Fevereiro e 15 e 17 de Julho de 2022, ateados em períodos diurnos e noturnos, consumiram área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato e pinheiro bravo", adianta a PJ de Vila Real.

Em vários incêndios suspeitos, o jovem estava sempre nas imediações e oferecia-se para ajudar a corporação que queria integrar, ao que tudo indica para "mostrar serviço".

"Os incêndios colocaram em perigo uma vasta mancha florestal e agrícola, bem como de várias habitações, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e populares", precisa ainda a PJ.

Ainda segundo apurámos, o jovem, que foi detido em colaboração com a GNR (SEPNA de Peso da Régua), já assumiu a autoria de incêndios em Santa Marta de Penaguião.

Foi levado esta tarde para o Tribunal da Régua para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial.

Relacionadas