PJ

Detidos por dispararem contra militares em Leiria

R.P.

Homens detidos pela PJ dispararam contra grupo de militares

Foto Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve dois homens, de 17 e 24 anos, suspeitos de terem efetuado vários disparos contra um grupo de militares, em Leiria. Um deles foi atingido nos braços.

Os dois homens foram detidos esta terça-feira, na sequência de um inquérito dirigido pelo DIAP de Leiria, estando indiciados por ofensas à integridade física qualificada, falsidade de testemunho e detenção de arma proibida.

"Os factos ocorreram no dia 9 de março de 2022, na zona de Leiria. Após uma altercação em estabelecimento de diversão noturna com um grupo de vários indivíduos, militares de profissão, os dois suspeitos muniram-se de uma arma de fogo, vindo a disparar e a atingir uma vítima nos braços, tendo-se colocado em fuga", revela a PJ, em comunicado divulgado esta terça-feira.

Posteriormente um dos detidos, também ferido, deslocou-se a um hospital na zona de Lisboa, prestando falsas declarações quanto à origem dos seus ferimentos.

Os suspeitos irão ser ouvidos em Tribunal para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.