Operação

GNR desmantela rede de tráfico de droga em Santarém

Alexandre Panda

GNR desmantela rede de tráfico de droga em Santarém|

 foto GNR

GNR|

 foto GNR desmantela rede de tráfico de droga em Santarém

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Coruche desmantelou uma rede de tráfico de estupefacientes e deteve quatro homens e duas mulheres, com idades entre os 22 e os 57 anos, nos concelhos de Cartaxo e de Salvaterra de Magos. Outros três indivíduos, associados à rede, também foram presos.

Foi no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefaciente que durava há três anos, que os militares da Guarda verificaram que "os suspeitos dedicavam-se diariamente à prática da atividade ilícita, provocando alarme social e receio na população local", explica a GNR.

Aos indivíduos, que viviam exclusivamente do tráfico, as autoridades apreenderam 1600 doses de cocaína, uma centena de doses de heroína e cocaína, além de sete doses de crack. Também foram confiscados mais de 16 mil euros, 15 telemóveis, 700 munições e caçadeiras e pistolas.

"No decorrer da investigação foi possível apurar-se ainda que a sua subsistência resultava exclusivamente do tráfico de estupefacientes, sendo este destinado à revenda e venda direta ao consumidor, nos concelhos de Cartaxo, Salvaterra de Magos, Coruche, Santarém e Alpiarça", explica a GNR.

Os detidos, um dos quais com antecedentes criminais por crime de roubo com arma de fogo foram presentes a primeiro interrogatório este sábado no Tribunal Judicial de Santarém, tendo sido aplicadas três prisões preventivas e três apresentações periódicas bissemanais, como medidas de coação.

A operação contou com o reforço dos Postos Territoriais de Coruche, da estrutura de Investigação Criminal (IC) e do Destacamento de Intervenção (DI) de Santarém, do Grupo de Intervenção Cinotécnica (GIC), do Grupo de Intervenção de Ordem Pública (GIOP) e do Grupo de Intervenção de Operações Especiais (GIOE) da Unidade de Intervenção (UI), envolvendo um total de 112 militares da Guarda, e com o apoio da Policia de Segurança Pública (PSP).