Lisboa

GNR deteve grupo que simulava acidentes em estacionamentos para enganar idosos

AC

GNR deteve grupo que simulava acidentes em estacionamentos para enganar idosos

Foto Arquivo

A GNR deteve cinco pessoas suspeitas de vários crimes de burla, na região da Grande Lisboa. O grupo simulava acidentes em parques de estacionamento, tendo como vítimas preferenciais condutores mais velhos, a quem extorquiam centenas de euros.

"Os suspeitos escolhiam as vítimas em estacionamentos de superfícies comerciais, geralmente condutores que aparentassem idade mais avançada", informou a GNR, em comunicado.

Depois de estacionarem, as vítimas "eram abordadas pelos suspeitos, que as acusavam de terem batido nas suas viaturas enquanto faziam a manobra de estacionamento". Na sequência da conversa, "os suspeitos simulavam chamadas telefónicas para oficinas, com falsos orçamentos de 300 a 400 euros, para o suposto arranjo da viatura, levando-as a entregar o dinheiro para colmatar os danos", adiantou a GNR.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 23 e os 57 anos, são suspeitos de roubo e dano, simulação de acidentes e burlas, nas zonas de Loures e Lisboa.

No âmbito da investigação, o Comando Territorial de Lisboa, deu seguimento a 12 mandados de busca, seis domiciliárias e seis em veículos, tendo sido possível apreender diversos artigos, entre os quais, sete veículos, cinco televisões, objetos de ouro, 5770 euros em numerário e diversos documentos relacionados com a atividade ilícita.

Os detidos foram presentes, no dia 11 de maio, ao Tribunal Judicial de Santarém, onde foi decretada prisão preventiva para dois dos suspeitos, tendo sido aplicada aos restantes a medida de coação de apresentações periódicas em posto policial, esclarece a GNR, em comunicado, no qual refere, ainda, que a ação contou com o reforço da Unidade de Intervenção (UI) e com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).