Vila Nova de Gaia

Homem esfaqueado com x-ato na estação de Metro de Santo Ovídio

Alexandre Panda e Almiro Ferreira

 foto Alexandre Panda/JN

 foto Alexandre Panda/JN

 foto Alexandre Panda/JN

 foto Alexandre Panda/JN

Um homem, com cerca de 45 anos, foi esfaqueado por diversas vezes com um x-ato, durante uma zaragata, provocada por motivos fúteis, ao início da noite desta quinta-feira, no cais da estação de Metro de Santo Ovídio, em Vila Nova de Gaia. A vítima está em estado grave no hospital e o agressor foi logo detido pela PSP.

O alerta foi dado pelas 20.05 horas. Segundo fonte dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões, foram mobilizadas para o local três ambulâncias da corporação e uma viatura médica de emergência e reanimação.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, a vítima, visivelmente alterada, viajava no metro, onde estaria a causar distúrbios. Saiu no cais da estação de Santo Ovídio, onde o agressor aguardava a chegada da composição.

Por motivos aparentemente fúteis, a vítima começou a insultar o agressor e gerou-se uma discussão.

"Vi as pessoas à pancada. Um deles até agarrou uma placa de sinalização do piso molhado. Outro atirou um saco de roupa para a linha. Havia muita confusão", contou ao JN uma testemunha.

O agressor sacou um x-ato e golpeou várias vezes a vítima, antes de se pôr em fuga. Subiu para o patamar superior que dá acesso à via pública, onde largou o objeto, entretanto apreendido pela PSP.

Os agentes, que chegaram rapidamente ao local, detiveram o agressor, que foi conduzido à esquadra. Várias testemunhas foram identificadas e deverão ser recolhidas as imagens de videovigilância do Metro, que captaram as agressões.

O ferido grave foi conduzido ao Hospital Santos Silva, em Vila Nova de Gaia.