Setúbal 

Jovem forçada a sexo oral sob ameaça de faca por colega na escola 

Caso ocorreu na escola. Vítima tem 15 anos e o agressor tem 13

Foto Rogério Matos/jn

Uma jovem de 15 anos queixa-se de ter sido forçada a sexo oral sob ameaça de faca na Escola Básica 2 e 3 da Aranguez, em Setúbal, por um colega de 13 anos.

O caso ocorreu na segunda-feira e a vítima deslocou-se ao hospital para realização de exames médicos. A PSP foi chamada à escola para identificar o suspeito.

A rapariga terá sido levada pelo agressor para uma zona isolada da escola, onde foi ameaçada com uma faca e forçada a fazer sexo oral. A violação parou quando outros alunos viram o que estava a acontecer e interromperam.

A direção da escola foi alertada e denunciou o caso à PSP, que se deslocou ao local e identificou o suspeito. Não foi possível apurar, até ao momento, se a arma do crime foi apreendida pelas autoridades.

A rapariga dirigiu-se depois ao hospital para realizar exames médicos. Estes vão ser juntos ao processo-crime. O caso foi remetido ao Ministério Público e, até ao início da tarde desta quinta-feira, não tinha chegado à Polícia Judiciária de Setúbal, a quem cabe a investigação de crimes sexuais.

O JN tentou junto do agrupamento de escolas Sebastião da Gama perceber se foi aplicada medida disciplinar ao aluno suspeito do crime, mas não obteve resposta até à tarde desta quinta-feira.