Operação Bananero

Paletes de bananas escondiam mais de oito toneladas de cocaína

Roberto Bessa Moreira

Foto Dr

A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu mais de oito toneladas de cocaína. Trata-se de uma das maiores apreensões feitas em Portugal. A droga estava escondida em caixas de bananas, que chegaram ao porto de Setúbal num navio que zarpou da Colômbia.

A ação policial, denominada de "Operação Bananero" e que contou com a colaboração da Autoridade Tributária e Aduaneira e da GNR, decorreu ao longo das últimas semanas e permitiu localizar as mais de oito toneladas de cocaína dissimuladas, segundo a própria PJ, "no interior de um elevado número de paletes de caixas de bananas transportadas nos porões de três navios".

Navios que estavam ao serviço de uma empresa que, "todas as semanas, efetua ligações entre portos colombianos e vários portos europeus".

Apesar de ter entrado por um porto português, a droga destinava-se a abastecer vários países europeus.

Só este ano, já foram apreendidas em Portugal mais de 12,176 toneladas de cocaína, número que representa um aumento de 22,7% relativamente a 2021. "Isto apesar de nos encontramos sensivelmente em final de junho", salienta a PJ.