Idanha-a-Nova

PJ investiga denúncias anónimas sobre desaparecimento de Noah

Madalena Ferreira

Foto Miguel Pereira Da Silva/lusa

A Polícia Judiciária está a investigar o teor de denúncias anónimas sobre o desaparecimento de um menino de dois anos e meio, Noah, que as autoridades registaram ontem de manhã, em Proença-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova.

O teor das denúncias não foi divulgado. Até agora, a versão conhecida é a de que a criança se levantou cedo e, acompanhada de uma cadela, terá ido ter com o pai, que trabalhava num terreno agrícola perto da habitação.

A Polícia Judiciária da Guarda, responsável pela investigação, já voltou a ouvir o pai da criança, na manhã desta quinta-feira, depois de o ter feito, no dia de ontem, uma primeira vez.

Ainda ontem, a cerca de dois quilómetros da casa da família da criança, foram encontradas a cadela e uma t-shirt. Já hoje, as autoridades encontraram uma galocha, uma fralda e uns calções, que também se julga pertenceram ao menino desaparecido, perto de uma propriedade privada e do rio Torto, um afluente do Tejo.

Relacionadas