Sintra

Vizinhos surpreendidos com parto de bebé encontrado no caixote do lixo

Sofia Cristino

Vizinhos surpreendidos com parto de bebé encontrado no caixote do lixo

Foto Leonardo Negrão/global Imagens

Um bebé foi encontrado num caixote do lixo na Rua Dona Luísa de Gusmão, no Casal da Barôta, em Sintra, no final da noite de domingo. Uma surpresa para os vizinhos, constatou o JN, esta segunda-feira.

A mãe, de origem moldava, deu entrada no hospital "em estado crítico", mas sem a criança, e o avô confessou à PSP e bombeiros ter sido ele a colocar o bebé no lixo. A PSP foi ao local e encontrou o bebé ainda com sinais de vida, apurou o JN.

No Casal da Barôta, em Sintra, esta manhã de segunda-feira, o ambiente era de "grande surpresa". Vizinhos viram a mulher que deu à luz a entrar numa ambulância pelas 22 horas de domingo e, passado pouco tempo, "um grande aparato policial", mas nunca desconfiaram o que teria acontecido. "Pensamos que poderia ser violência doméstica", disseram ao JN duas vizinhas. Durante a tarde de domingo, também não se terão apercebido de nenhuma movimentação anormal na apartamento da Rua Dona Luísa de Gusmão, onde morava a família da Moldávia, há cerca de sete meses.

"Ouvi apenas uma voz mais grave, mas como eles falavam alto, não liguei. Não ouvi nenhum choro de bebé, mas eles também têm um cão que está sempre a ladrar e pode ter abafado o som", explicou uma vizinha. "Quando vi os bombeiros a transportarem num lençol branco o bebé até me arrepiei. Estavam muito consternados", conta a mesma vizinha, que preferiu não ser identificada.

A moradora, tal como outras com que o JN falou, não conhecia a família. "Só costumava ver o avô da criança na varanda. A rapariga uma vez tocou-me à porta a reclamar porque lhe molhei a roupa a regar as plantas, e foi o meu único contacto com ela. Já estaria grávida nessa altura, mas não reparei. Foi certamente uma gravidez escondida", disse ainda.

Relacionadas