DCIAP

Antigo secretário de Estado arguido em processo de fraude

Antigo secretário de Estado arguido em processo de fraude

O antigo secretário de Estado da Indústria João Vasconcelos foi constituído arguido num caso de suspeita de fraude, relacionado com uma sociedade a que pertencia e que investiu fundos comunitários numa empresa detida pela mulher, revela a revista "Sábado".

Segundo a revista, o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) terá feito buscas, no último mês, na casa de João Vasconcelos - que até há duas semanas era o presidente da Comissão Organizadora do Congresso do Partido Socialista -, nos escritórios da empresa Eco Choice e na casa de Francisco Maria Pinto Balsemão, filho de Francisco Pinto Balsemão e um dos sócios do antigo secretário de Estado.

Francisco Maria Pinto Balsemão e Isabel Domingues Santos, mulher de João Vasconcelos, também foram constituídos arguidos, adianta a "Sábado". João Vasconcelos saiu do Governo na sequência do caso das viagens ao Euro 2016 pagas pela Galp.