PSP

Apanhado homem que roubou na rua, em hotéis e num hospital em Lisboa

Apanhado homem que roubou na rua, em hotéis e num hospital em Lisboa

Um homem de 38 anos é suspeito de, desde finais de 2018, ter assaltado quatro pessoas na rua e furtado vários computadores e telemóveis em hotéis, restaurantes e num hospital, em Lisboa.

O indivíduo atuava por toda a cidade, com particular incidência na Baixa, em Alcântara, em Campo de Ourique e em Campolide.

O homem - que se encontrava a cumprir pena suspensa por crimes semelhantes - foi agora detido pela PSP e irá aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva. Está indiciado, no total, por quatro crimes de roubo, 14 de furto e um de burla informática.

O assalto mais recente aconteceu pelas 22 horas de 6 de outubro, quando, "na companhia de outro homem", roubou "o telemóvel a um jovem numa artéria da freguesia das Avenidas Novas", refere, em comunicado, o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP.

Os jovens seriam, de resto, as vítimas preferenciais do suspeito, que, nos outros três assaltos por que está indiciado, terá agido "sempre com recurso a ameaças e coação", incluindo com armas brancas, para se apropriar do dinheiro e dos telemóveis que os visados tinham na sua posse.

Paralelamente, o homem terá ainda cometido furtos em hotéis, restaurantes e num hospital. Nalguns casos, terá aproveitado a distração dos funcionários para subtrair telemóveis e computadores portáteis. Noutros, ter-se-á apropriado dos bens e valores deixados "em viaturas abertas em zonas de cargas e descargas".

De acordo com o Cometlis, numa ocasião o indivíduo terá ainda furtado, "pelo método de carteirista", um cartão multibanco de uma carteira, utilizando-o depois para fazer compras num minimercado, cometendo assim o crime de burla informática.

No total, terá lesado as vítimas em mais de 18 mil euros.