O Jogo ao Vivo

Penafiel

Apanhado sem carta a caminho do tribunal

Apanhado sem carta a caminho do tribunal

Homem ia ser interrogado depois de ter sido detido seis vezes pelo mesmo crime.

Um homem, de 29 anos, foi apanhado pela Guarda Nacional Republicana (GNR) de Penafiel a conduzir sem carta de condução, quando se deslocava para o Tribunal de Penafiel.

O suspeito ia ser interrogado por um magistrado, depois de ter sido detido seis vezes num ano por crimes da mesma natureza.

Ao longo do último ano, o homem, natural do Porto mas residente em Penafiel há alguns meses, foi detido pelas autoridades por conduzir sem habilitação legal. Três das detenções aconteceram na mesma semana.

Depois de ter sido apanhado pela sexta vez, foi notificado para comparecer em tribunal. Na manhã de ontem, quando se deslocava para o Palácio da Justiça de Penafiel, para responder em processo sumário por um dos crimes de condução sem carta, foi mandado parar pela GNR e, mais uma vez, detido. O homem conduzia uma viatura que não tinha seguro e estava apreendida.

Após o sucedido, ainda durante a manhã, o indivíduo foi levado perante o Procurador da República, para responder pelos seis crimes de condução sem carta. Foi posteriormente libertado, tendo sido notificado a comparecer em tribunal durante a tarde para responder pelo sétimo crime, cometido nessa mesma manhã.

Na quinta-feira à noite, ainda não eram conhecidas as medidas de coação aplicadas pelo tribunal ao arguido.

PUB

Segundo a lei em vigor, quem conduz sem habilitação legal incorre numa pena de até dois anos de prisão ou de até 240 dias de multa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG