O Jogo ao Vivo

PSP

Aparato policial após discussão e invasão de prédio no Porto

Aparato policial após discussão e invasão de prédio no Porto

Duas ocorrências simultâneas provocaram grande aparato policial ao início desta noite de segunda-feira no cruzamento das ruas de Gonçalo Cristóvão e de Camões, no centro do Porto. Uma situação envolveu um casal estrangeiro desavindo e a outra um indivíduo ucraniano que se automutilou. Vários carros patrulha e mais de uma dezena de agentes da PSP acorreram ao local.

Ao que o JN conseguiu apurar, um grupo de jovens estaria a descer da Rua de Camões quando se apercebeu de uma altercação entre um casal de namorados. Os jovens intervieram e alertaram as autoridades que já estavam a caminho do local mas por causa de outra situação mais urgente e grave que decorria do outro lado da rua.

Um cidadão ucraniano de 21 anos tentou introduzir-se num prédio de escritórios e, ao ser descoberto pelo vigilante, automutilou-se com os vidros de uma montra que tinha partido. Além disso, recusava-se a sair do prédio, ameaçando o vigilante e quem lhe aparecia à frente. O segurança fechou as grades do prédio e encurralou-o.

Depois, a PSP entrou no prédio em busca do homem ferido. Conseguiu acalmá-lo e convenceu-o a sair. O jovem ucraniano, que estava visivelmente perturbado, foi assistido no local e depois levado para o Hospital de São João, onde iria ser alvo de avaliação psiquiátrica.

Entretanto, o jovem casal de namorados, que seria da República Checa, assistia a tudo do outro lado da rua. Enquanto decorria a operação policial, os dois terão ultrapassado as divergências e fizeram as pazes. Os turistas não quiseram apresentar queixa e foram embora juntos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG