Exclusivo

Aposentado dos CTT condenado a prisão por violar vizinha menor

Aposentado dos CTT condenado a prisão por violar vizinha menor

Pai da vítima, sentenciado por posse ilegal de arma, foi absolvido de tentar extorquir agressor, no Tribunal de Castelo Branco.

Um funcionário aposentado dos CTT, atualmente em prisão domiciliária, foi condenado a oito anos de cadeia pelo Tribunal de Castelo Branco por ter violado, abusado e importunado sexualmente uma vizinha, de 15 anos. O pai da menor que foi acusado pelo Ministério Público (MP) de tentar extorquir 50 mil euros ao agressor após ter descoberto os crimes, foi absolvido deste crime, mas acabou sentenciado por posse ilegal de arma, a um ano e meio de cadeia com pena suspensa.

Segundo o acórdão, o reformado e a família da menor eram vizinhos, numa aldeia do concelho de Castelo Branco. O indivíduo, por vezes acompanhado da mulher, era visita assídua da casa da família da vítima e levava-lhes produtos agrícolas e outros bens, pois passavam por dificuldades económicas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG