GNR

Apreendidas 11 armas e 888 munições em caso de violência doméstica em Serpa

Apreendidas 11 armas e 888 munições em caso de violência doméstica em Serpa

Uma denúncia de violência doméstica, com ameaça de morte, levaram militares do Posto da GNR de Serpa a constituir arguido um indivíduo e a apreender 11 armas de caça e 888 munições. Entre as armas estão sete caçadeiras de canos laterais e shotgun.

De acordo com fonte do Comando Territorial de Beja, a GNR recebeu na quarta-feira uma denúncia de que um homem, de 46 anos, "ameaçou de morte a sua mulher, de 38 anos, tendo na sequência de uma busca efetuada na habitação do casal encontrado o armamento, já que o indivíduo se dedica à atividade da caça".

"As armas encontravam-se em situação legal, mas por envolver um caso de violência doméstica, com uma ameaça de morte, como medida cautelar foram empreendidas", justificou a mesma fonte.

O JN apurou que as armas e munições foram entregues na manhã desta quinta-feira no Núcleo de Armas e Explosivos da PSP, que funciona no edifício do antigo Governo Civil, em Beja, já que a Polícia é a entidade responsável pelo controlo da atividade de armas e explosivos em Portugal. As mesmas foram apreendidas por ordem do magistrado do Ministério Público de Serpa, só sendo devolvidas ao proprietário por ordem de um juiz do tribunal daquela localidade.

O indivíduo foi constituído arguido, mediante termo de identidade e residência, e os factos remetidos para o Tribunal Judicial de Serpa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG