Fiscalização

ASAE encerra cantina de escola básica em Mirandela

ASAE encerra cantina de escola básica em Mirandela

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) determinou a suspensão da confeção de refeições na cantina da escola básica "Luciano Cordeiro", que faz parte do Agrupamento de Escolas de Mirandela (AEM).

Esta decisão acontece após uma operação de fiscalização da ASAE, realizada na passada quarta-feira, alegando que a suspensão fica a dever-se à degradação da estrutura como consequência da falta de manutenção, que não garante as condições higieno-sanitárias exigidas.

A direção do AEM não quis prestar declarações sobre esta suspensão, confirmando apenas que os alunos não foram afetados por este encerramento da cantina, dado que foi ativado um plano de contingência para que as refeições dos alunos da escola básica "Luciano Cordeiro" passem a ser confecionadas na cantina da escola secundária e transportadas em contentores, selados e higienizados, para o estabelecimento escolar, que fica nas imediações.

No entanto, a direção da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento de Escolas de Mirandela diz não ter sido informada sobre esta situação.

Ao que apuramos, a cantina, agora encerrada, está sob a tutela da Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE) que já tem prevista a realização de obras, para os próximos dias, nomeadamente a pintura das paredes e eliminação de alguma humidade.

Esta suspensão é válida até que sejam efetuadas as medidas corretivas exigidas pela ASAE.

A escola básica "Luciano Cordeiro" tem cerca de 600 alunos.

Outras Notícias